Câmara rejeita contas de 2012 da Prefeitura de Poá

Os vereadores poaenses rejeitaram as contas apresentadas pela Prefeitura de Poá em 2012, na gestão do então prefeito Francisco Pereira de Sousa, o Testinha.

Inicialmente, o projeto de rejeição das contas seria votado na 27ª Sessão Ordinária, realizada no dia 20 de outubro, porém, com o pedido de vista do projeto realizado pelo vereador Saulo Dentista (DEM), a votação foi adiada e realizada ontem, durante a 29ª Sessão Ordinária.

Veja como votaram os vereadores:

A matéria não foi discutida pelos vereadores em plenário e a defesa não se apresentou. Para que a rejeição não fosse aprovada eram necessários 12 votos contrários.

Favoráveis à rejeição das contas: Lázaro Borges (PROS).

Contrários à rejeição das contas: Deneval Dias (PL), Diogo Pernoca (PTB), Fábio Suru (PROS), Neno Ferrari (PSC), Saulo Dentista (DEM), Saulo Souza (AVANTE) e Toninho da Biblioteca (Solidariedade).

Abstenções: Azuir Marcolino (PTB), Garcez do Proerd (PL), Marcílio Duarth (PL), Marinho do Jornal (PROS), Mário Sumirê (PSD), Welson Lopes (PL), Zé Carlos Maçã do Amor (PDT), Tio Deivão (PL).

Ausência: Edinho do Kemel (Podemos).

Não cabe recurso

Essa foi a segunda votação pela rejeição das contas. O primeiro parecer desfavorável foi emitido pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo em 2014 em virtude do desequilíbrio fiscal (déficit orçamentário, reversão do resultado financeiro positivo para negativo e redução expressiva do resultado econômico) e do desatendimento ao artigo 42 da Lei de Responsabilidade Fiscal. Na ocasião, o ex-prefeito protocolou um pedido de reexame das contas, que foram novamente negadas pelo Tribunal. O parecer foi publicado no Diário Oficial do Estado em 17/10/2014 e o apelo protocolado no dia 18/11/2014.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *